4ª Alguns Símbolos
4ª Alguns Símbolos

Nogueira

 

nogueira.jpg

Para os gregos, a nogueira está associada ao dom da profecia

Óleo

 

oleo.jpg

É um dos símbolos de força espiritual, luz e sabedoria além de ser dotado de poderes especiais. É a base da luz que inflama e queima.

Olho

 

olho.jpg

Segundo Cirlot, a essência do simbolismo do olho está contida num dito do filósofo romano Plotino, segundo o qual ?nenhum olho está capacitado a ver o Sol enquanto, de certa maneira, não for ele mesmo um sol?. Dado que o Sol é fonte de luz, e que a luz é símbolo da inteligência e do espírito, deduz-se que o processo de ver representa um ato do espírito e simboliza o conhecimento.

Ônix

 

Ônix, onyx

A ônix é vista como uma pedra que simboliza a discórdia e dizem que a sua proximidade durante o sono é capaz de provocar pesadelos. Talvez por esse motivo também seja símbolo da fatalidade para as mulheres grávidas, pois também acredita-se que pode causar aborto.

Entretanto, na Índia e na Pérsia é tida como uma pedra de poderes benéficos, protegendo contra o mau-olhado e acelerando o parto.

Costuma ser usada por pessoas que exercem funções importantes, pois acredita-se que essa pedra pode proporcionar equilíbrio para o corpo e para a alma, além de trazer auto-confiança.

O livro "The Magick of Kiram, King of Pérsia" publicado em 1686 dizia que era possível ficar invisível usando-se um anel de ônix.

Orquídea

 

orquidea.jpg

Na China, as orquídeas eram associadas às festas da primavera. É um símbolo de fecundação. Além disso, é o símbolo da perfeição e pureza espirituais.

Ovo

 

ovo.jpg

Suas características físicas são únicas e bem definidas, o ovo é frágil, branco, um repositório "de uma nova vida", com uma forma semelhante a dos testículos. A nova vida que está latente no ovo passou a ser associada à energia vital. O sol e a lua foram também, freqüentemente, associados com os ovos celestes de Ouro e Prata, respectivamente. Em geral, o ovo simboliza uma forma primitiva embrionária a partir do qual o mundo surgiu mais tarde. O ovo é um dos primeiros símbolos religiosos, e é um símbolo de fertilidade e de eternidade, e, normalmente, traz associações puramente positivas. No Egito e para os alquimistas, muitas vezes, visto como o mistério da vida. No contexto de páscoa, o ovo significa ressurreição ou regeneração.

Pena

 

Na Idade Média, funcionava como uma espécie de oráculo. Quando alguém se encontrava perdido numa encruzilhada não sabendo para onde ir, costumava-se soprar uma pena para ver qual era a direção indicada de acordo com a posição como ela caísse. De um modo geral, as penas simbolizam pensamentos e fantasias. Embora,para os povos primitivos elas sejam consideradas um símbolo de poder. O cocar de penas de águia possuía uma simbologia mágica, e a coroa de penas é considerada pelos índios como a coroa radiada dos monarcas; é como se adquirissem através de seu uso, a qualidade solar da ave.

Pentagrama

 

pentagrama.jpg

O pentagrama tem sido associado desde muito tempo ao mistério e a magia. Esse símbolo é sem dúvida o mais reconhecido por todos os seguidores do paganismo e é tão antigo que sua origem é desconhecida. Tem sido utilizado em todas as épocas como talismã.

Para os Pitagóricos, simbolizava a saúde e o conhecimento. 

Numerologicamente, o pentagrama é a soma do elemento 2 (feminino) e 3 (masculino). É o símbolo da união e a síntese, é o número dos dedos de uma extremidade e número dos nossos sentidos. 

Para as correntes esotéricas, o pentagrama é formado por cinco extremidades cercadas por um círculo. As cinco extremidades representam os 5 elementos: a terra, o ar, o fogo, a água e o espírito. 

Também é reprezentado com o desenho de um homem dentro de seu interior. Leonardo da Vinci vê essa representação no homem de Vitruvio. Quando o pentagrama é desenhado dentro de um círculo, une todos os aspectos do homem. Esse círculo mostra que tudo é um ciclo. A extremidade acima do pentágono representa a supremacia do espírito no corpo e no poder que esta tem no nosso corpo. 

Na antiga Mesopotâmia era o símbolo de poder imperial. 

Entre os Hebreus, representava a Verdade e os cinco livros Pentateuco, que tem para os Judeus o nome de Thora, que quer dizer a "lei escrita" revelada por Deus. 

Para os egípcios era o útero da Terra, mantendo uma relação de simbolismo com as pirâmides. 

Para os Druidas era um símbolo da cabeça de Deus. 

Na Idade Média, era um símbolo da Verdade e de proteção contra os demônios. 

Para os medievais adéptos do cristianosmo, o pentagrama era atribuído as 5 estigmas de Cristo. 

Para os chineses, representa o ciclo da destruição, que é a base filosófica da medicina tradicional chinesa. Nesse caso, cada extremidade do pentagrama simboliza um elemento: Terra, Água, Fogo, Madeira e Metal. Cada elemento é gerado pelo outro, a Madeira é gerada pela Terra, o que dará origem a um ciclo de criação. Para que exista o equilibrio, existe um elemento inibidor, que nesse caso é o oposto, a Água inibe o Fogo. 

Para os Celtas, representava a deusa Morrigham, deusa que era ligada ao Amor e a Guerra. 

Também simboliza o Microcosmo, símbolo do Homem de Pitágoras representado através de braços e pernas abertas, parecendo estar disposto em cinco partes em forma de cruz (O Homem Individual). A mesma representação simboliza também o Macrocosmo, o Homem Universal, um símbolo de ordem e perfeição, a Verdade Divina.

Free Translation Widget

Rating: 3.1/5 (475 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...



Imagem