DICIONÁRIO- Mitos, deuses e lendas
DICIONÁRIO- Mitos, deuses e lendas

 

DICIONÁRIO DE MITOS DEUSES E LENDAS

 

 

Iao Abraxas - Animal demoníaco, na mitologia Persa, onde é descrito como um cruzamento entre um dragão de duas pernas e uma serpente com cabeça de galo ou de burro.

O seu nome significa « o ser supremo».

Desde a Antiguidade até à Idade Média as gemas, pedras semipreciosas artisticamente lapidadas com a figura de Abraxas eram tidas como poderosos amuletos.

 

 

 

Anis Negra - Nome dado a um animal horroroso espírito canibal de rosto azul, com um único olho penetrante e garras de ferro.

Tinha por hábito de se esconder atrás de um carvalho até escurecer para apanhar crianças das vizinhanças e as devorar.

 

 

 

Ankou - Também conhecido por «guardião dos cemitérios», ele guarda cemitérios por toda a Europa. Em tempos recuados sempre que se inaugurava um cemitério, costuma-se queimar uma pobre alma viva numa sepultura não identificada que fica-se mais a norte.

 

 

 

Asrai - Pequenas e delicadas fadas marinhas que vivem nas profundezas dos lagos. São muito belas, com longos cabelos verdes, têm centenas de anos.

Extremamente tímidas, as Rai só vêm à superfície uma vez por cada cem anos para olhar a lua.

 

 

 

 

Baal -  O comandante das tropas do Inferno, ou seja uma das maiores potências militares dentre os demónios. Sabe-se também de sua natureza hermafrodita e que já foi adorado por caldeus , babilónios e israelitas.

 

 

 

BaKa - É um temível ghoul nativo da ilha vodu de Haiti. Após morrerem, alguns membros de certa tribo regressam à terra como Bakas, espíritos com forma de esqueletos que mutilam as vitimas antes de tentarem mutilar a sua carne.

 

 

 

Barguest - Espécie de papão ou Hobgoblin travesso que tem cornos, garras e dentes aguçados e olhos vermelhos. Dispõem-se, principalmente, a assustar e a fazer mal ás crianças desobedientes.

Muito comuns no Norte de Inglaterra, passam nas ruas à noite dando guinchos horrorosos e incomodando as pessoas que estão a descansar.

 

 


 

Goblin - Nome geral para o espírito familiar demoníaco ou nocivo que vive em casas particulares ou nas fendas das árvores.

Geralmente, são pequenos e de aparência bastante esquisita, pois são morenos e curvados, usando chapéus puxados para os olhos, e tem as mãos muito grande e deformadas.

 

 


 

Kuei - Fantasmas maléficos chineses que retiram a sua forma e poder das forças da escuridão, azar e morte. Trata-se, geralmente, dos fantasmas de pessoas que em vida, tinham sido más e não mereceram o paraíso.

 


 

 

Djinn - É uma espécie de espírito na tradição árabe. Um djinn que seja bom toma frequentemente a forma de uma mulher, enquanto um mau aparece como um monstro com cabeça de hiena e quadris de lobo. Alguns foram aprisionados em garrafas de latão ou compartimentos de onde eram intimidados a realizar os desejos dos seus captores.

 


 

 

Lobisomem - Metade homem, metade lobo tem as suas origens na antiga crença pagã  da Grécia. Na lenda popular o Lobisomem era perigoso e perverso na sua forma animal, massacrando animais e devorando crianças; durante o dia porém, não passava de um inofensivo aldeão.

 


 

 

Chupa cabras - Nome dado a um suposto ser ou monstro que ataca e mata animais, tirando todo o seu sangue e causando mutilações bastantes especificas, geralmente na região dos olhos e da boca.

O nome parece ser originário do México, mas o fenómeno repete-se em toda a América.

 


 

 

Brigit / Brid / Brigid / Brig - Seu nome significa "flecha de poder". Brigit era filha do Dagda, sendo chamada A Poetisa. Outro aspecto de Danu, associada a Imbolc. Tinha uma ordem dedicada a ela, formada só por mulheres, em Kildare, na Irlanda, que se revezavam para manter o fogo sagrado sempre aceso. Deusa do fogo, fertilidade, lareira, todas as artes e ofícios femininos, artes marciais, curas, medicina, agricultura, inspiração, aprendizagem, poesia, adivinhação, profecia, criação de gado, amor, feitiçaria, ocultismo.

 


 

 

Cernunnos - Seu nome deve ser pronunciado como se tivesse um "k": kernunnos. Deus Cornudo, Consorte da Grande Mãe, deus da Natureza, Senhor do Mundo. Comumente representado por um homem sentado na posição de lótus, cabelo comprido e encaracolado, de barba, nu, usando apenas um torque (colar celta) ao pescoço, ou ainda por um homem de chifres, sendo, por isso, erroneamente comparado ao diabo dos cristãos. Os seus símbolos eram o veado, o carneiro, o touro e a serpente. Deus da virilidade, fertilidade, animais, amor físico, natureza, bosques, reencarnação, riqueza, comércio e dos guerreiros.

 


 

 

Dagda - No folclore irlandês, o Dagda era chamado de O Bom Deus, Grande Senhor, Pai dos deuses e dos homens, o Arquidruida, deus da magia, da terra. Rei supremo dos Tuatha de Dannan, mestre de todos os ofícios, senhor de todos os conhecimentos. Teve vários filhos, entre eles Brigit, Angus, Midir, Ogma e Bodb, o Vermelho. O Dagda tinha uma harpa de carvalho vivo que fazia com que as estações mudassem quando assim o ordenasse. Deus dos magos e sacerdotes, senhor dos artesãos, da música e das curas.

 

 

 

 

 

 

Belial - O Seu nome deriva do hebraico e significa Rebelde e/ou Desobediente. Dentro das suas características Destaca-se a mania de mentir . Aparece sempre com uma beleza sobre humana, apesar da igreja e da tradição católica sempre representa-lo com as mais grotescas das formas este grande corruptor especializou - se em seduzir adolescentes ,mas é verdade que paga os seus favores com uma devota protecção.

O inferno nunca recebeu espírito mais dissoluto, mais bêbado, nem mais enamorado enquanto o céu nunca perdeu mais formoso habitante .
Sabe-se que Belial foi um dos primeiros anjos a aderir à Rebelião de Lúcifer e que foi o que mais arrastou outros consigo, ele é um ícone de todos os rebeldes e inconformados sendo de natureza louca e de pouca
profundidade filosófica ele é  altamente destrutivo.

 

 


 

 

Leviata - Do hebraico : "Serpente Tortuosa" Grande almirante do inferno e senhor dos mares , favorece os homens e as mulheres que gostam de correr o mundo , servindo-lhes para obter fama e honras. Também é chamado de "O grande embusteiro", pela facilidade com que triunfa em lances políticos , tratados comerciais e intrigas palacianas.

Toma quando é visto aspectos multiformes estonteantes e vertiginosas . Especializa-se em possuir as mulheres famosas.

Ele é patrono da Melancolia e da Poesia.

 

 


 

 

Satã ( Satan , Satanás ) - O Seu nome , em hebreu significa "o inimigo", ou seja ele representa o espírito vingativo , o não perdão e a injustiça para quem não a merece, possui rudeza e agressividade em cada gesto e ideia é o mais cruel entre os seus irmãos, representa o sentido da luta é a acção em busca de seu objectivo, não importando as consequências, e da meta, custe o que custar

 

 

 

Belphegor (Belfagor) - Demónio dos inventores , dos descobrimentos e das soluções engenhosas. Um fato peculiar que pode ser estudado e a de que ele sempre se apresenta de boca aberta .Seus adoradores lhe rendem culto servindo-se de gretas e fendas ,através das quais lançam as suas oferendas.

Muitas vezes e visualizado como " uma aparência feminina de deslumbrante juventude e beleza.

 

 

 

 

 

Lúcifer - Príncipe dos demónios, seu nome significa " Estrela da Manhã ",sem dúvida pelo esplendor de sua presença. É um dos mais belos dentre os anjos caídos, e sua formosura é especialmente melancólica, com uma sombra de dor que cobre continuamente a suavidade de seus traços . Costuma-se dizer que nesta
característica reside a chave de sua sedução já que não há nada mais irresistível ao coração humano do que o sofrimento unido à beleza . Existe na filosofia muçulmana sob o nome de Iblis ou Eblis , exerce poder
geográfico sobre todos os países da Europa .
Sua personalidade é sempre tranquila e segura de si um verdadeiro aristocrata e estrategista por natureza ,mesmo quando irritado mostra-se calmo sendo assim bem diferente de Satan , na verdade muitos acham que os dois são duas caras de uma face só.

 

 


 

Baalberit - É chamado de "O Arquivista". É advogado astucioso e possui uma prodigiosa memória , Os fenícios o tomavam como testemunha de seus juramentos.

Entre os séculos XV e XVII, apareceu invocado com frequência nos grimorios populares como campeão de causas perdidas.

 

 

 

 

Belzebu - O Seu nome significa " O Senhor das Moscas" É lhe reconhecido o número dois na hierarquia infernal, imediatamente abaixo de Satanás, alguns estudiosos afirmam que desde à mil anos atrás, é ele que domina o inferno. 

A imensidade do seu poder e do pavor que seu prestigio provoca , sua iconografia é contraditória assim como os dados que possuímos a seu respeito como na maioria das escrituras sobre os demónios uma lenda negra foi escrita para Belzebu , mais sem contar estes conceitos cristãos impostos dizem que ele possui feições que reflectem grande sabedoria e um ar ameaçador .

 

 


 

Astaroth - O Seu nome têm origem no hebraico, que significa "Multidão", "Assembleia" ,"Rebanho". Poderoso mais desventurado, afirmam ter sido condenado injustamente à sua situação. Patrono dos banqueiros e homens de negócios .Representa a ganância e a confirmação da posse.

Sua natureza é extremamente cooperativa, de certo devido à sua personalidade comercial .

Ele também governa as paixões por jogo a dinheiro , mesmo sendo de personalidade extremamente possessiva, ele nunca irá roubar, dando preferências, a pactos e ao comercio.

 

 


 

Lilith - Em grego, " Hecate ; A que fere de longe", no hebraico Lilith significa , "A Nocturna" e em sumeriano, Ereshkigal. Mulher bonita e silenciosa com uma profunda solidão. A Serpente da Sedução, a Mãe da Luxúria. Uma centena de anos depois, a força obscura da natureza humana feminina está crescendo rápido pelo mundo.

De qualquer modo, ela é um arquétipo muito antigo, perdido no tempo.

 


 

 

Asmodeu - O Destruidor, é um dos mais antigos demónios o Pai dos Jogos, do mistério e da perversidade .Ele não é de conversas ou diálogos, mas isso de modo algum representa modéstia, a sua meta é a destruição aos que a merecem.

 

 

 

Morloch ( Moloch ) - O Senhor do País das Lágrimas, e intimamente relacionado com a Fertilidade e é muitas vezes reconhecido com uma cabeça de boi .

 


 

 

Pégaso - O cavalo comum é um símbolo tradicional do desejo carnal. Os centauros, metade homens, metade cavalos, são monstros que representam a identificação do ser humano aos instintos animalescos. O cavalo alado, ao contrário, é símbolo da sublimação e da imaginação criadora. Pégaso, segundo a mitologia grega, nasceu do sangue da Medusa, após ser esta decapitada por Perseu. Atenas domesticou o cavalo alado e ofereceu-o ao herói grego Belerofonte, para que combatesse a Quimera. Com ele, Belerofonte tentou aproximar-se do Olimpo, mas Zeus fez com que Pégaso corcovasse, provocando a queda do cavaleiro, que morreu. Transformado em constelação, o cavalo passou desde então ao serviço de Zeus.

 


 

 

Blodeuwedd - Seu nome foi traduzido como "flor branca", sendo representada, muitas vezes, com um lírio branco nas cerimónias de iniciação celtas de Gales. Criada por Math e Gwydion, o Druida, para ser esposa de Lleu, foi transformada em coruja por causa do seu adultério e da conspiração para a morte do marido. Aspecto virginal da Deusa Tríplice dos galeses, Blodeuwed tinha por símbolo uma coruja. Seu domínio é o das flores, sabedoria, mistérios lunares e iniciações.

 

 

 

 

Free Translation Widget

Rating: 3.2/5 (442 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...



Imagem